Tempo de Leitura: 2 min

A saúde do Leste de Minas ganhou mais um importante aliado. Foi lançado nesta quinta-feira (18), no auditório do Grêmio Recreativo da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo, o movimento “Mais Saúde para os Vales”. A iniciativa surgiu da união entre lideranças comunitárias e especialistas em saúde da região. A ideia é garantir um debate permanente, que permita a proposição de políticas públicas mais eficientes para o setor.

O primeiro encontro do movimento foi realizado na cidade de Timóteo e a previsão é de que novas plenárias sejam realizadas em várias outras cidades dos Vales do Aço, Rio Doce e Piranga. Além da presença de lideranças de diferentes bairros da “Capital do Inox”, o evento inaugural contou com a participação de autoridades políticas e com a palestra do diretor institucional da Rede de Hospitais São Vicente de Paulo, Heleno Melo Boy.

Heleno, que administra hospitais nas cidades de Belo Oriente-MG e Ipanema-MG, apresentou detalhes do sistema de saúde pública na região Leste de Minas Gerais. O gestor hospitalar também esclareceu dúvidas dos participantes a respeito da elaboração e aplicação das políticas públicas na área da saúde.

“Fiquei lisonjeado em receber o convite para palestrar no evento inaugural deste movimento que é tão oportuno e importante. Sabemos que a saúde pública ainda possui muitas deficiências, principalmente em nossa região. Isto ficou ainda mais evidenciado na pandemia. Por isso, é fundamental que a sociedade como um todo se una para ajudar na definição do que é realmente importante para as comunidades”, enfatizou Heleno.

O advogado Lair Bueno é um dos integrantes do “Mais Saúde para os Vales”. Segundo ele, o movimento é apolítico e apartidário. O advogado explica, ainda, que a iniciativa surgiu da insatisfação da população com os rumos tomados pela saúde pública no Leste de Minas Gerais. “Tudo surgiu de algumas conversas informais. Vimos que muita gente estava preocupada com a saúde de nossa região, então, decidimos parar de lamentar e partimos para a ação”, destacou Lair.

Enéas de Almeida é cirurgião dentista e mora em Timóteo há 38 anos. Grande parte deste tempo, trabalhou na linha de frente da saúde pública do município. Ele fez questão de participar do debate promovido pelo Movimento, que qualificou como “fantástico”.

“Este trabalho que está se iniciando aqui é fantástico, porque vai unir um povo em torno da saúde, que é uma das grandes necessidades de nossa sociedade. Criar um grupo de vários atores para discutir saúde pública foi sensacional. A minha participação é bem pequena, mas a darei com maior prazer”, finalizou Enéas.

Artigo anteriorCTMAM convoca AGE para mudança de Estatuto Social
Próximo artigoUma entrevista “autorizada” – Ronaldo Soares conversa com o ator da TV Globo, Paulo Betti!