CENIBRA – BIODIVERSIDADE – CUSTOM AD#3
Tempo de Leitura: 1 min

Augusto Aras ordenou nesta segunda (4) a instauração de uma apuração inicial sobre as offshores ligadas a Paulo Guedes e Roberto Campos Neto. O procurador-geral da República quer esclarecer o assunto envolvendo o ministro da Economia e o presidente do Banco Central.

O chefe do Ministério Público Federal vai buscar todas as informações sobre o tema. Guedes e Campos Neto precisarão explicar o caso. Ambos possuem foro privilegiado. A informação é da Folha de S. Paulo.

No domingo (3), foi descoberto que ele, sua esposa e sua filha são acionistas de uma offshore nas Ilhas Virgens Britânicas, paraíso fiscal. Os documentos foram revelados pelas reportagens do Pandora Papers. O trabalho de revelação foi feito pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos.

Fonte: DCM

 

Artigo anteriorVereadores de BH impõe ambiente hostil a Alexandre Kalil
Próximo artigoIpatinga começa vacinação em adolescentes de 12 anos