CENIBRA – CUSTOM AD3 – HOME
Tempo de Leitura: 1 min

Os futuros moradores do Residencial Buritis, no São Vicente, em Fabriciano, devem se apressar e entregar, o quanto antes, a documentação exigida para se habilitarem ao Programa Minha Casa Minha Vida. Todos os contemplados no último sorteio público, ocorrido em julho, devem comparecer à Gerência de Habitação.

O prazo encerra no dia 16 de setembro, uma quinta-feira. Neste momento, 260 famílias estão sendo convocadas. Os apartamentos têm dois quartos, sala, cozinha conjugada com área de serviço, e ligação de água individual; já os condomínios contam com infraestrutura completa, incluindo quadra poliesportiva, parquinho e academia ao ar livre.

A entrega da documentação é obrigatória e uma das últimas etapas para garantir o sonho da casa própria. É importante que todos os documentos estejam legíveis e comprovem as informações prestadas no ato da inscrição. Estes documentos serão usados para a montagem do dossiê que será enviado pelo município à Caixa Econômica Federal para análise individual dos beneficiários.

A análise de documentação pela Caixa Econômica é uma das etapas finais do Fabri Meu Lar – Minha Casa, Minha. Os próximos passos são a realização do trabalho social, (pré-morar), designação das unidades, assinatura do contrato do mutuário e a entrega das chaves da casa própria pela Prefeitura e Caixa Econômica Federal, prevista para ocorrer ainda este ano.

Artigo anteriorFaixa Azul Ipatinga terá terminais de autoatendimento em Ipatinga
Próximo artigoParque Nacional do Caparaó comemora 60 anos de criação