CENIBRA – CUSTOM AD3 – HOME
Tempo de Leitura: 1 min

Iniciativa promovida pela Fundação ArcelorMittal repassará o valor a mais de 40 instituições sociais em todo o Brasil

A campanha “Aço salva vidas”, realizada pela ArcelorMittal e a Belgo Bekaert por meio da Fundação ArcelorMittal, arrecadou em sua segunda edição R$ 2,4 milhões, que estão sendo destinados a mais de 40 instituições sociais que atuam no combate à fome no Brasil. O valor foi alcançado por meio da mobilização de colaboradores, familiares, fornecedores, clientes, parceiros e comunidade, que possibilitaram que o desafio proposto pelas empresas fosse atingido. A dinâmica da campanha previa que, a cada R$ 1 arrecadado, a ArcelorMittal e a Belgo Bekaert doariam mais R$ 1, até o teto de R$ 1,2 milhão.

Desde o ano passado, a ArcelorMittal uniu-se aos esforços da sociedade no combate à Covid-19 e na implementação de ações para amenizar os impactos da pandemia, como o agravamento da fome no país. A quantia obtida nesta edição da campanha representa aproximadamente 40 mil cestas básicas que devem beneficiar cerca de 120 mil pessoas. Além de instituições localizadas em 37 municípios nos quais a ArcelorMittal tem atuação no país, a campanha contemplou duas organizações nacionais que têm se destacado pelo trabalho realizado no combate à fome: a G10 Favelas e a Gerando Falcões. Com as duas organizações, o alcance da campanha foi expandido e as doações vão chegar a quem mais precisa nesse momento.

De acordo com Herik Marques, Diretor-Superintendente da Fundação ArcelorMittal, além das iniciativas que têm sido realizadas pela empresa desde o início da pandemia, o grupo pode construir pontes entre diversos atores da sociedade e fazer chegar mais doações a quem realmente precisa. “Fizemos parceria com instituições que já realizam um trabalho essencial e necessitam que essa rede de apoio se fortaleça e contribua para que mais pessoas sejam beneficiadas. Aliados a parceiros e pessoas da comunidade, podemos ajudar a minimizar os problemas causados pela pandemia”, explica.

Em 2020, a campanha “Aço salva vidas” direcionou esforços para disponibilizar itens hospitalares (como equipamentos de proteção individual – EPIs – e material de higiene) e no atendimento às pessoas acometidas pela Covid-19. A ação também arrecadou R$ 2,4 milhões para 45 entidades sociais de 11 estados e do Distrito Federal e beneficiou mais de 690 mil pessoas por meio de doações de cerca de 600 mil máscaras, 14 mil luvas e 2,7 mil litros de álcool em gel; além de colchões, camas, produtos de higiene e limpeza.

Artigo anteriorEm entrevista à Itatiaia, Bolsonaro anuncia Bolsa-Família de R$ 300
Próximo artigoSenac abre inscrições para cursos gratuitos