Os R$ 15 milhões gastos em leite condensado

CAMINHOS GERAIS-CROSS-SELLING
Tempo de Leitura: 1 min

Governo gasta R$ 15 milhões em leite condensado e parlamentares cobram investigação

Após uma reportagem do site Metrópoles destacar o gasto de R$ 1,8 bilhão em alimentos pelo governo em 2020 (aumento de 20% em relação ao ano anterior), deputados entraram com representação no Tribunal de Contas da União. Tabata Amaral (PDT) e Felipe Rigoni (PSB) querem explicações “pelo caráter supérfluo” da lista. Itens como chicletes, vinhos e leite condensado fizeram o assunto virar meme . O governo argumenta que os gastos são comuns, e os alimentos serviram ao exército e a programas assistenciais.

Depois do fato ocorrido, o filho de Bolsonaro, Eduardo, sai em defesa do pai alegando que  dos R$ 15,6 milhões gastos com o produto, vão R$ 14,2 milhões para o Ministério da Defesa, onde, conforme ele cita, estão lotados cerca de 334 mil pessoas. Além disso, ele atacou a mídia e criticou parlamentares que falaram em impeachment. A câmara dos deputados já conta com 62 pedidos de impeachment conta o presidente em pouco mais de 2 anos de governo, sendo que 56 estão em análise e o outros cinco arquivados.

Via twitter

FONTE: https://twitter.com/i/events/1354155897145057280?s=20