CENIBRA – BIODIVERSIDADE – CUSTOM AD#3
Tempo de Leitura: 2 min

A defesa da manutenção do chamada Sistema S, que reúne entidades como Sesi, Senai, Sesc e Senac será o ponto alto de manifestações marcada para esta terça-feira, 19, em Fabriciano, Timóteo e Ipatinga. Batizado de Dia S, o ato faz parte de série de mobilizações prevista para todo o estado de Minas e serão um desdobramento da campanha “Trabalho que valoriza o Brasil”, lançada em outubro pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). A ação, segundo os organizadores, visa consolidar a atuação da Fecomércio, Sesc e Senac em todo o Brasil, incentivando à população a aderir a um abaixo-assinado em apoio às atividades do Sistema Comércio. O objetivo é coletar 1 milhão de assinaturas no Brasil.

O vice-presidente da CNC e administrador do Sesc e do Senac em Minas, Valdeci Cavalcante, defendeu o papel do Sistema Comércio para o desenvolvimento do país. “Em várias regiões, o Sistema é a única alternativa de atendimento às necessidades básicas da população, acentuadas pelas dificuldades econômicas vividas por vários municípios. Por isso, é tão importante mobilizar a população em favor dessa causa, como fará Minas Gerais com o Dia S.” A presidente interina da Fecomércio MG, Maria Luíza Maia Oliveira, endossa os argumentos de Cavalcanti. “Em Minas, defendemos um setor que representa mais de 720 mil empresas, que precisam de apoio para continuar fazendo desse ramo o responsável por mais de 70% do PIB mineiro”, argumenta.

A mobilização no Vale do Aço acontecerá em Timóteo, na praça do Coreto às 09h30, em Ipatinga na praça 1º de maio as 14hs e em Fabriciano também às 14hs na praça Louis Ensch. O ato contará com a participação dos funcionários do Sistema, da população em geral e empresários representados pela Federação e dos clientes do Sesc e Senac. Presente em todas as regiões do Estado, o Sesc em Minas conta com 27 unidades fixas e 11 móveis, tendo atendido em 2018 4,1 mil alunos desde à alfabetização até o reforço no contraturno escolar. Além disso, destacou-se pela quantidade de atendimentos de saúde: quase 460 mil em unidades fixas e empresas, mais 101 mil nas unidades móveis, que contemplam projetos como Sesc Saúde Mulher, OdontoSesc e MedSesc Oftalmologia.

Já o Senac em Minas, em 2018, ofereceu a 113 mil alunos de 169 municípios mineiros mais de 173 cursos presenciais, desde a formação inicial básica até o ensino superior, além de palestras e workshops. Esse portfólio diverso só foi possível graças a vasta estrutura da instituição, que reúne 40 unidades educacionais; o Hotel Escola Senac Grogotó e a Pousada Escola Senac Tiradentes; três restaurantes-escola; e 12 carretas-escola Senac Móvel, que circulam pelo Estado para ofertar cursos profissionalizantes.

Mais informações: www.minasvalorizaobrasil.com.br

 

Artigo anteriorBDMG reduz taxa de juros de linha de crédito para micro e pequenas empresas controladas por mulheres
Próximo artigoCurso capacita operadores do transporte metropolitano para atender pessoas com deficiência