Usiminas tem sua nota de investimento elevada

CAMINHOS GERAIS-CROSS-SELLING2
Tempo de Leitura: 1 min

Duas das principais agências internacionais de classificação de risco anunciaram a elevação na nota de rating da Usiminas nesta segunda-feira (1/7). A Moody´s elevou a nota de crédito para Ba3, com perspectiva estável, sustentada pela melhora no perfil de liquidez da empresa. Segundo a equipe da agência, “os ratings continuam refletindo a sólida posição da Usiminas no mercado brasileiro de aços planos e as medidas tomadas para ajustar as operações à fraca demanda no mercado interno nos últimos anos”. Já a Fitch classificou a Usiminas na nota BB-, contra B+ da avaliação anterior, considerando melhoras na liquidez e caixa da companhia.

Para o vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores, Alberto Akikazu Ono, as novas posições de rating são resultado de um empenho por toda a empresa para “adequar o perfil de endividamento da Usiminas às perspectivas de curto, médio e longo prazo, preservando as capacidades financeira e operacional da companhia”, afirma.

As elevações nas notas de crédito ocorrem após a Usiminas anunciar a renegociação de sua dívida. A empresa fará uma emissão de títulos internacionais e quitará os valores devidos ao BNDES, bancos japoneses e parte dos debenturistas.

Além das elevações anunciadas hoje, a Usiminas já teve sua nota de crédito melhorada, em janeiro,pela Moodys e, em junho, a Standard and Poor’s anunciou a manutenção do rating da companhia em B com perspectiva positiva.

Artigo anteriorCentro de Excelência da Fiemg no radar de investidores
Próximo artigoFabriciano abre matrículas da EJA